FANDOM


Tales of Symphonia
Toscover
Informações
Lançamento NA 13 de Julho de 2004 (NGC)
Lançamento JP 29 de Agosto de 2003 (NGC)
22 de Setembro de 2004 (PS2)
Lançamento PAL 19 de Novembro de 2004 (NGC)
Produção {{{publisher}}}
Plataforma Nintendo Gamecube e Playstation 2
Battle System Multi-Line Linear Motion Battle System
Modos Single player /
Multiplayer cooperativo
Tema musical Starry Heavens de Day After Tomorrow (NGC)
Soshite Boku ni Dekiru Koto de Day After Tomorrow (PS2)
Classificações Cero: B
ESRB: Teen (13+)

Tales of Symphonia é o quinto jogo principal da série Tales e o décimo-primeiro no total. É o terceiro jogo lançado no Ocidente e conta as aventures de Lloyd Irving e seus amigos, numa jornada para ajudar Collet Brunel a regenerar o mundo.

Originalmente exclusivo para o Gamecube, o jogo foi relançado mais tarde no Japão para o Playstation 2. A nova versão inclui uma série de extras, como novos títulos e técnicas ou pequenas modificações irrelevantes (como o Gamecube na base de Sylvarant ter sido substituido por uma máquina esquisita) e um novo chefe opcional.

Tales of Symphonia trouxe a série Tales um novo sistema de batalhas em 3-D, onde o personagem controlado pelo jogador se movimenta num plano 2-D, exceto ao atacar fisicamente um inimigo que está fora deste plano. É o jogo da série que mais vendeu até hoje, graças as vendas massissas obtidas na Europa e na América.

A história de Tales of Symphonia acontece séculos antes de Tales of Phantasia e recebeu uma sequência direta: o spin-off Tales of Symphonia: Dawn of the New World, que se passa 2 anos após os acontecimentos de Symphonia.

EnredoEditar

O jogo começa no mundo de Sylvarant, uma terra que está morrendo devido a perda contínua de mana, a fonte de energia que é necessária tanto para a magia quanto para a própria vida. Quando as colheitas tornam-se escassas e a vida mais difícil, as pessoas direcionam suas esperanças à Miko ("escolhida", "the Chosen" em inglês), uma servidora e messias da deusa Martel, que pode reverter as doenças do mundo completando a Jornada da Regeneração. Para regenerar o mundo, a Miko precisa viajar de continente a continente, acordando os Summon Spirits que dormem em templos acestrais conhecidos como "selos" (seals). Com todos os selos abertos, a Miko se aproxima cada vez mais de se tornar um anjo. Ao final da transformação da Miko em um anjo, o mundo será regenerado.

História (Spoilers)Editar

Symphonia

Ao progredir do jogo, muitas revelações são feitas sobre a Regeneração do Mundo e as histórias individuais dos personagens se cruzam, complicando o enredo. Uma das revelações dadas mais cedo é que se tornar um anjo força a Miko a perder sua humanidade. Ao libertar o primeiro selo, a Miko perde sua necessidade de comer; com o segundo, a capacidade de dormir; com o terceiro, a habilidade de sentir sensações físicas; ao libertar o quarto selo, a Miko não pode mais falar. O quinto e último selo requer que a Miko deserte seu coração, memória e vida. Quando esse processo se completa, o corpo da Miko se transformará em um com a deusa Martel.

A party também toma conhecimento de um segundo mundo, conhecido como Tethe'alla, paralelo a Sylvarant. Recuperar o suprimento de mana em Sylvarant altera o fluxo da mana, fazendo com que a mesma seja drenada de Tethe'alla - como areia numa ampulheta. O inverso também é verdadeiro. Como Sylvarant e Tethe'alla competem por uma quantidade limitada de mana para sobreviver, quando qualquer um desses mundos está vigorando, o outro cai em um estado de deprivação de mana.

Symphonia2

A party consegue liberar todos os selos, e Collet torna-se o corpo de Martel. No entanto, eles descobrem que os anjos que eles servem estão os usando. O grupo é traído por um de seus próprios membros, Kratos, que é na verdade um anjo. O resto do grupo decide então ir para Tethe'alla para encontrar respostas, onde seu objetivo muda para a salvação dos dois mundos. Para fazer isso, é decidido que é preciso eliminar a conexão entre Sylvarant e Tethe'alla para separar os dois mundos e acabar com a competição por mana. É então que o grupo se aventura a fazer um pacto com todos os Summon Spirits dos dois mundos, mas isso acaba fazendo com que uma grande árvore se agite e destrua diversos lugares em Sylvarant. Após conseguirem parar a árvore, o grupo busca transformar os dois mundos em um. Eles acabam conseguindo por as mãos na Eternal Sword e derrotam o inimigo Yggdrasil.

No final, o grupo funde os dois mundos em um, mas um novo problema aparece: a Ancient World Tree não pode existir sem uma Mana Seed. Lloyd e Collet revivem a grande árvore que controla o fluxo de mana, que com a ajuda da Eternal Sword, transforma os dois mundos em Aselia. Martel aparece e conta a Lloyd as complicações em relação a árvore e Lloyd jura protejê-la a todo custo. Mas a árvore precisa de um novo nome. Lloyd começa a falar qual será o nome da nova árvore, mas o jogo termina antes que ele possa terminar a fala. E assim começa o nascimento de um novo mundo.

Mithos

regal kratos  collete 

PersonagensEditar

A lista completa de personagens de Tales of Symphonia se encontra em Tales of Symphonia: Personagens

Conexão com Tales of PhantasiaEditar

Em Tales of Phantasia tem um momento que um npc diz que o mundo em que se passa o jogo existem duas lutas: Tessealla e Silvaranto.

Versão do Playstation 2Editar

Tales of Symphonia recebeu um port para o Playstation 2, onde recebeu diversos extras, como 2 FMVs extras, novos títulos e roupas e novos chefes. No entanto, houve uma perceptível deficiência na qualidade, a começar pela queda de framerates, passando pelos Loadings insuportavelmente demorados e slowdowns frequentes.

MudançasEditar

  • O logo Tales of Symphonia passou a ser de cor magenta ao invés de azul.
  • O tema musical do jogo mudou de Starry Heavens para Soshite Boku ni Dekiru Koto. As duas músicas são muito parecidas e foram feitas pela mesma banda, Day After Tomorrow.
  • Duas novas FMVs passam dentro das Triet Ruins quando Collet recebe suas asas e quando rouba os Rheiards da Base de Sylvarant.
  • Os créditos finais agora apresentam uma montagem de fotos no lado esquerdo da tela.
  • Cada personagem tem um 'Hi Ougi' (Mystic Arte). Existem condições especiais requeridas para executar tais Hi Ougis e eles causam dano massivo ao inimigo. Na versão do Gamecube, apenas Lloyd, Collet e Genius tinham um (Falcon Crest, Holy Judgement e Indignation Judgment respectivamente).Na versão americana,Sacred Shine(Hi ougi de Raine),mas foi retirada da versão final.Porém,esse hi-ougi é acessível por Action Replay.
  • Cada personagem recebe uma roupa nova.

GráficosEditar

  • O frame rate foi reduzido de 60 FPS (frames por segundo) para 30 FPS.
  • O tempo de carregamento (Loading) aumentou para compensar a engine gráfica mais fraca do Playstation 2.
  • A opção Synopsis no menu agora mostra entradas recentes no topo.
  • As janelas dos Skits balançam e se movem pela tela para reproduzir as emoções dos personagens.
  • Quando um personagem está perto de entrar no Over Limit, seu ícone começa a brilhar (na versão do Gamecube, os ícones mostravam uma luz vermelha).
  • Quando a barra do Unison Attack é preenchida, ela brilha.
  • A maioria dos anjos tiveram suas asas modificadas para cores mais escura.
  • O estranho objeto que parece um Gamecube na base de Sylvarant foi removido e substituído por uma máquina não identificável.
  • O Sword Dancer agora aparece no mapa principal dos mundos como uma caveira branca qualquer.
  • Quando Shihna invoca um Summon Spirit, um Cut In com seu rosto aparece, já que suas invocações foram transformadas em Hi Ougis.
  • Existem mais animações pós-batalha.
  • As salas escuras na Tower of Lightning mudaram de "pouco visível" para "extremamente escuras".

Novos eventosEditar

  • Na versão do PS2, existem diversos livros sobre o herói Mithos. Você pode lê-los para aprender mais sobre o personagem e sobre a Great Kharlan War.
  • Há dois novos eventos com mais informações sobre o herói Mithos. O primeiro pode ser visto ao conversar com Mithos enquanto ele vive na casa de Altessa e o segundo ao conversar com Yuan após os eventos em Welgaia.
  • Após a restauração completa de Luin, fale com Pietro para vê-lo junto aos outros moradores da vila deixando que um de seus personagens se torne prefeito da cidade como agradecimento. Quem quer que seja sua escolha ganhará 1 ponto em afeição.
  • Os espíritos selados de Kratos, Yuan e Mithos podem ser desafiados em Niflheim ao invés do Hell Knight da versão do Gamecube.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.